Como as pessoas com distúrbios do movimento estão lidando com a pandemia?

Confira relatos de experiências desse público aqui no Blog Dyskinesis!

O atual período de isolamento social devido ao Covid-19 tem apresentado vários impactos na vida das pessoas, e, no caso daqueles com alguma deficiência ou distúrbio do movimento, outros fatores podem acarretar em ainda mais dificuldades nessa fase, como, por exemplo, a ausência de fisioterapia presencial, dificuldades para obter medicamentos, entre outras. Continuar lendo

A história de Tatiana Santos, ganhadora do sorteio de aniversário do Dyskinesis

Nesta edição da seção Espaço do Leitor, a ganhadora do recente sorteio de aniversário de dois anos do Blog Dyskinesis, Tatiana Lima Santos, moradora de Caxias/MA, conta a sua história com um caso específico de distonia generalizada, provocada por uso contínuo de certos tipos de medicamentos.

Enfatizo a raridade do caso clínico da Tatiana, que conseguiu a regressão dos sintomas da distonia recentemente devido às especificidades da etiologia de sua distonia. A grande maioria dos outros casos de distúrbios de movimento ainda costuma ser irreversível, mesmo com o avanço da medicina na atualidade.

Feita esta observação, confira a seguir o relato da Tatiana! Continuar lendo

Entrevista com Nilde Soares, a idealizadora do Blog Distonia Saúde

Um dos parceiros do Blog Dyskinesis na causa das pessoas com distúrbios de movimento é o Blog Distonia Saúde. Sua criadora é a Maria Nilde de Oliveira Soares, moradora de São Paulo e que possui distonia cervical. Nesta entrevista, ela conta um pouco de sua história de vida e das motivações que a levaram a idealizar o Distonia Saúde, que é hoje uma das principais fontes de informações on-line sobre distonia em português. Continuar lendo

Mi historia con la Distonía Cervical – Miguel Martínez

Em português: Uma surpresa para vocês, leitores: a postagem de hoje é bilíngue (português/espanhol). O Dyskinesis recebeu recentemente um relato de Miguel Martínez, venezuelano de 65 anos, formado em Engenharia de Sistemas, que acompanha o blog e tem Distonia Cervical há 40 anos! Na época da manifestação de seu distúrbio de movimento, os conhecimentos da medicina na área eram ainda menores e também não havia internet para a troca de experiências de vida. Imaginem então como era difícil ter informações sobre as nossas condições físicas e encontrar outras pessoas com a mesma deficiência! Miguel relata a seguir um pouco de sua jornada em busca de tratamento para a Distonia Cervical na década de 1970. Leia o texto de acordo com o idioma de sua preferência.

En español: Una sorpresa para ustedes, lectores: el post de hoy es bilingüe (portugués/español). El Dyskinesis recibió recientemente un relato de Miguel Martínez, venezolano de 65 años, con grado en Ingeniería de Sistemas, que acompaña el blog y tiene Distonia Cervical hace 40 años. En la época de la manifestación de su trastorno de movimiento, los conocimientos de la medicina en el área eran aún menores y tampoco había internet para el intercambio de experiencias de vida. ¡Imaginen entonces cómo era difícil tener información sobre nuestras condiciones físicas y encontrar a otras personas con la misma discapacidad! Miguel relata a seguir un poco de su jornada en busca de tratamiento para la Distonia Cervical en la década de 1970. Lea el texto de acuerdo con el idioma de su preferencia. Continuar lendo

O tradutor-terapeuta e seus sócios Mr. Parkinson e Da. Distonia

O Espaço do Leitor de hoje traz um relato literário de um amigo do Blog Dyskinesis que convive com dois distúrbios de movimento, a doença de Parkinson e a Distonia Cervical. Gonzalo G. Acquistapace, ítalo-uruguaio residente em São Paulo, é tradutor e ghost-writer. Há 10 anos é coordenador de um pronto-socorro de traduções 24 horas. É editor também de uma página de autoajuda no Facebook. Atualmente, realiza cursos intensivos de terapias holísticas e desenvolve projetos relacionados com a função coadjuvante de atividades culturais, intelectuais e físicas na estimulação cerebral e na produção de dopamina nas pessoas afetadas pelo Parkinson. Seu e-mail para contato é tradutor24horas@uol.com.br Continuar lendo