O que podemos aprender com o tema da redação do ENEM 2017?

Como a maioria já deve saber, o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio deste ano, divulgado e realizado no último dia 05, foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. Sei que o Blog Dyskinesis é voltado para assuntos envolvendo as deficiências físicas conhecidas como discinesias, mas devido à ampla repercussão que o tema do ENEM teve nos últimos dias, e também atendendo a pedidos dos próprios leitores do blog, trago agora uma reflexão para analisarmos, que envolve não só a pessoa com deficiência auditiva, mas à grande categoria dos indivíduos com deficiência de forma geral. Continuar lendo

Anúncios

Carta à adolescente que eu fui um dia

Na postagem de hoje, resolvi adaptar uma carta pessoal enviada a um conhecido que está passando por um momento semelhante ao que passei também quando era adolescente. Senti que o texto poderia, quem sabe, ser útil a outras pessoas com deficiência, então, o reescrevi para ser publicado aqui no Dyskinesis. Continuar lendo

Reflexões sobre a sociedade e seus discursos de superação

Anunciando a parceria com o Distonia Saúde, apresento aos leitores do Dyskinesis minha primeira postagem no site da amiga Nilde Soares! O novo texto é uma reflexão sobre os chamados “discursos de superação” que a nossa sociedade costuma usar para se referir às pessoas com deficiência.

“Você já reparou em como as pessoas com deficiência costumam ser retratadas pela mídia? Grande parte das reportagens e menções a respeito destas pessoas vem permeada pelos chamados discursos de superação. ‘Fulano superou sua deficiência X e hoje estuda/trabalha /casou-se/etc.’. Ou ‘Apesar de ter a deficiência Y, Cicrano é feliz/venceu na vida/é um exemplo a ser seguido’. E qual seria o problema de se utilizar tais expressões, tão difundidas e presentes no senso comum?” Continuar lendo

E se eu não tivesse uma deficiência?

Creio que a pergunta-título desta postagem é uma das indagações mais comuns, que a maioria das pessoas com discinesia (ou com qualquer outro tipo de deficiência) acaba fazendo em algum momento de sua trajetória. Tanto para os indivíduos que já nasceram com um distúrbio de movimento, quanto para aqueles que o adquiriram posteriormente, considerar e comparar as possibilidades da vida com e sem a deficiência são ações que costumam fazer parte do processo de autoaceitação de sua condição. Continuar lendo

Questão de Terminologias – Discinesia

No primeiro texto da subseção “Questão de Terminologias” aqui no Dyskinesis, apresentei as dúvidas relacionadas ao termo Paralisia Cerebral e os porquês de ele estar caindo em desuso atualmente. Agora, retorno com um assunto mais geral nesta área. Após um leitor do blog me perguntar sobre uma palavra que utilizo com frequência aqui nas postagens do Dyskinesis, percebi a necessidade de se fazer um post explicativo a respeito disso. Então, vamos debater sobre o próprio termo discinesia! Continuar lendo

Interagindo com uma pessoa com discinesia

Sabemos, não é de hoje, sobre a influência dos gestos e das expressões corporais na comunicação verbal. O ser humano é um animal social por natureza e, para transmitir ideias e sentimentos aos demais, se utiliza de todos os recursos ao seu alcance, orais e gestuais, para se comunicar.

Então, já parou para pensar sobre como uma discinesia impacta, direta ou indiretamente, a interação social face a face, principalmente nos casos moderados a severos? Um distúrbio de movimento pode interferir nos processos comunicativos de várias maneiras, e citarei duas das mais comuns: quando a discinesia afeta as características da voz do indivíduo e/ou quando causa alterações nos músculos faciais ou em outras partes do corpo. Continuar lendo