Interagindo com uma pessoa com discinesia

Sabemos, não é de hoje, sobre a influência dos gestos e das expressões corporais na comunicação verbal. O ser humano é um animal social por natureza e, para transmitir ideias e sentimentos aos demais, se utiliza de todos os recursos ao seu alcance, orais e gestuais, para se comunicar.

Então, já parou para pensar sobre como uma discinesia impacta, direta ou indiretamente, a interação social face a face, principalmente nos casos moderados a severos? Um distúrbio de movimento pode interferir nos processos comunicativos de várias maneiras, e citarei duas das mais comuns: quando a discinesia afeta as características da voz do indivíduo e/ou quando causa alterações nos músculos faciais ou em outras partes do corpo. Continuar lendo

A cultura do capacitismo

Um conceito que sempre esteve à minha volta, antes mesmo de eu saber que ele tinha nome, é o capacitismo. Essa palavra significa para as pessoas com deficiência o mesmo que o racismo para as pessoas negras, e o machismo para as mulheres. Capacitismo é a crença social de que o indivíduo com deficiência é incompleto, diferente e menos apto para executar qualquer função ou gerir a própria vida. Continuar lendo