Evento discute os desafios de pacientes com doenças raras no Brasil

Estima-se que 13 milhões de pessoas sofram com alguma doença rara no país, sendo que 95% delas não possuem tratamento e demandam serviços especializados1.

Painel com Antoine Daher – Crédito: Casa Hunter-Di Vieira

São Paulo, 12 de março de 2018 – Para lembrar o Dia Mundial das Doenças Raras, dia 28 de fevereiro – 29, em ano bissexto – a Casa Hunter, organização não governamental destinada a apoiar pessoas diagnosticadas com doenças raras, promoveu, no dia 1º de março, o evento “O cenário das doenças raras no Brasil” – 3° edição, com o propósito de discutir a causa, que ainda representa um desafio para a saúde pública. Continuar lendo

Anúncios

As múltiplas discriminações na vida da pessoa com deficiência – Parte IV

Na terceira parte desta grande reportagem, falamos sobre a interseccionalidade das categorias deficiência e sobrepeso/obesidade. Agora, daremos continuidade à série de artigos abordando outra categoria interseccional: a das pessoas com deficiência e de baixa renda. Continuar lendo

As múltiplas discriminações na vida da pessoa com deficiência – Parte III

Na segunda parte desta grande reportagem, falamos sobre os desafios advindos da interseccionalidade que compõe a categoria mulher com deficiência. Agora, daremos continuidade à temática abordando outra categoria: a dos indivíduos com deficiência e com sobrepeso/obesidade. Continuar lendo

As múltiplas discriminações na vida da pessoa com deficiência – Parte II

Na primeira parte desta grande reportagem, explicamos os conceitos de interseccionalidade, grupos sócio-acêntricos e também falamos sobre a relação interseccional entre o movimento negro e as pessoas com deficiência. Agora, daremos continuidade à temática abordando a categoria das mulheres com deficiência. Continuar lendo

As múltiplas discriminações na vida da pessoa com deficiência – Parte I

Interseccionalidade. Você já ouviu falar sobre este conceito? Ele é relativamente recente e costuma estar em pauta em ambientes como universidades e no ativismo de movimentos sociais, pois é uma abordagem que estuda a dinâmica da violência e da opressão provocadas por mais de uma estrutura de poder e dirigidas a grupos sociais em condições vulneráveis. Continuar lendo

Protocolo Intensivo PediaSuit

Ana Raquel com os terapeutas Sandra e Rafael

A postagem de hoje é feita em parceria com a Terapeuta Ocupacional Sandra C. P. Volpi, que irá nos explicar um pouco sobre o método de terapia intensiva Protocolo PediaSuit. O PediaSuit é um dos recursos de reabilitação física mais modernos da atualidade e trabalha com o alinhamento postural através de uma vestimenta específica, que estimula o reaprendizado de movimentos corporais por meio de exercícios intensivos. Por isso, o PediaSuit é indicado para a maioria dos distúrbios de movimento e para diferentes faixas etárias, mas requer uma avaliação clínica inicial para a elaboração das sessões de terapia de acordo com cada caso em específico.

Recentemente, através de uma ação judicial, obtive o ganho de sessões de PediaSuit com a Sandra Volpi, que também é minha terapeuta há mais de 20 anos. Faz um mês que iniciei a terapia e, no que eu puder ajudar, fico à disposição dos leitores para o esclarecimento de dúvidas a respeito do tema. As fotos que ilustram esta postagem são do meu arquivo pessoal das sessões de PediaSuit que já fiz até o momento.

Segue abaixo o texto da Sandra Volpi, onde ela conta sobre as origens do PediaSuit e suas aplicações na prática terapêutica. Continuar lendo

Autismo, Estereotipias & Ensino Estruturado

Nesta nova edição da Coluna do Especialista, o profissional Wesley Becker Vieira da Silva nos apresenta um texto com o tema “Autismo, Estereotipias & Ensino Estruturado”, baseado em seus estudos e vivências como coordenador pedagógico em Bauru/SP.

O Blog Dyskinesis já trouxe anteriormente uma matéria sobre o Transtorno do Movimento Estereotipado, mas agora o pedagogo Wesley aborda a relação deste distúrbio de movimento com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e também explica o método do Ensino Estruturado, voltado para o desenvolvimento das crianças que recebem o diagnóstico de TEA. Continuar lendo