As múltiplas discriminações na vida da pessoa com deficiência – Parte II

Na primeira parte desta grande reportagem, explicamos os conceitos de interseccionalidade, grupos sócio-acêntricos e também falamos sobre a relação interseccional entre o movimento negro e as pessoas com deficiência. Agora, daremos continuidade à temática abordando a categoria das mulheres com deficiência. Continuar lendo

Anúncios

As múltiplas discriminações na vida da pessoa com deficiência – Parte I

Interseccionalidade. Você já ouviu falar sobre este conceito? Ele é relativamente recente e costuma estar em pauta em ambientes como universidades e no ativismo de movimentos sociais, pois é uma abordagem que estuda a dinâmica da violência e da opressão provocadas por mais de uma estrutura de poder e dirigidas a grupos sociais em condições vulneráveis. Continuar lendo

Protocolo Intensivo PediaSuit

Ana Raquel com os terapeutas Sandra e Rafael

A postagem de hoje é feita em parceria com a Terapeuta Ocupacional Sandra C. P. Volpi, que irá nos explicar um pouco sobre o método de terapia intensiva Protocolo PediaSuit. O PediaSuit é um dos recursos de reabilitação física mais modernos da atualidade e trabalha com o alinhamento postural através de uma vestimenta específica, que estimula o reaprendizado de movimentos corporais por meio de exercícios intensivos. Por isso, o PediaSuit é indicado para a maioria dos distúrbios de movimento e para diferentes faixas etárias, mas requer uma avaliação clínica inicial para a elaboração das sessões de terapia de acordo com cada caso em específico.

Recentemente, através de uma ação judicial, obtive o ganho de sessões de PediaSuit com a Sandra Volpi, que também é minha terapeuta há mais de 20 anos. Faz um mês que iniciei a terapia e, no que eu puder ajudar, fico à disposição dos leitores para o esclarecimento de dúvidas a respeito do tema. As fotos que ilustram esta postagem são do meu arquivo pessoal das sessões de PediaSuit que já fiz até o momento.

Segue abaixo o texto da Sandra Volpi, onde ela conta sobre as origens do PediaSuit e suas aplicações na prática terapêutica. Continuar lendo

Autismo, Estereotipias & Ensino Estruturado

Nesta nova edição da Coluna do Especialista, o profissional Wesley Becker Vieira da Silva nos apresenta um texto com o tema “Autismo, Estereotipias & Ensino Estruturado”, baseado em seus estudos e vivências como coordenador pedagógico em Bauru/SP.

O Blog Dyskinesis já trouxe anteriormente uma matéria sobre o Transtorno do Movimento Estereotipado, mas agora o pedagogo Wesley aborda a relação deste distúrbio de movimento com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e também explica o método do Ensino Estruturado, voltado para o desenvolvimento das crianças que recebem o diagnóstico de TEA. Continuar lendo

O que podemos aprender com o tema da redação do ENEM 2017?

Como a maioria já deve saber, o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio deste ano, divulgado e realizado no último dia 05, foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. Sei que o Blog Dyskinesis é voltado para assuntos envolvendo as deficiências físicas conhecidas como discinesias, mas devido à ampla repercussão que o tema do ENEM teve nos últimos dias, e também atendendo a pedidos dos próprios leitores do blog, trago agora uma reflexão para analisarmos, que envolve não só a pessoa com deficiência auditiva, mas à grande categoria dos indivíduos com deficiência de forma geral. Continuar lendo

Carta à adolescente que eu fui um dia

Na postagem de hoje, resolvi adaptar uma carta pessoal enviada a um conhecido que está passando por um momento semelhante ao que passei também quando era adolescente. Senti que o texto poderia, quem sabe, ser útil a outras pessoas com deficiência, então, o reescrevi para ser publicado aqui no Dyskinesis. Continuar lendo

Reflexões sobre a sociedade e seus discursos de superação

Anunciando a parceria com o Distonia Saúde, apresento aos leitores do Dyskinesis minha primeira postagem no site da amiga Nilde Soares! O novo texto é uma reflexão sobre os chamados “discursos de superação” que a nossa sociedade costuma usar para se referir às pessoas com deficiência.

“Você já reparou em como as pessoas com deficiência costumam ser retratadas pela mídia? Grande parte das reportagens e menções a respeito destas pessoas vem permeada pelos chamados discursos de superação. ‘Fulano superou sua deficiência X e hoje estuda/trabalha /casou-se/etc.’. Ou ‘Apesar de ter a deficiência Y, Cicrano é feliz/venceu na vida/é um exemplo a ser seguido’. E qual seria o problema de se utilizar tais expressões, tão difundidas e presentes no senso comum?” Continuar lendo